Vamos mexer nos continentes

Deriva dos Continentes

Globo com placas amovíveis Objectivo: Com esta actividade pretende-se simular a deriva dos continentes, conhecer a configuração do grande continente Pangea e quais os eixos principais de movimentação (fronteiras de placas) das placas e suas configurações até à actualidade, relacionando toda a movimentação com os argumentos da teoria da Deriva dos Continentes de Wegener.

Actividade: Com o auxílio de fichas de apoio, movimenta os continentes, reconstruindo a sua configuração desde a Pangea, recriando os movimentos das placas ao longo das suas principais fronteiras, até à configuração actual.

Material necessário:

  • Globos com placas amovíveis
  • Fichas de apoio
Descreve os resultados obtidos na actividade experimental:


Como interpretas os resultados obtidos na actividade experimental e que conclusões podes tirar
?

O Motor da Deriva dos Continentes

Simulação do movimento de uma célula de convecção Objectivo: Com esta actividade pretende-se simular uma célula de convecção, percebendo como é que funciona e como transmite o movimento às placas tectónicas. Através do calor gerado pela lamparina, que se coloca por baixo da tigela com o óleo, o aluno observará a substância que se encontra dentro do óleo a movimentar-se subindo no interior e descendo nos bordos da tigela, simulando o movimento de uma célula de convecção.

Actividade:

  1. Coloca água no copo até de 2/3 da sua altura;
  2. Enche a pipeta do conta-gotas com o líquido do frasco;
  3. Com muito cuidado encosta a ponta da pipeta ao fundo do copo e deixa sair lentamente o seu conteúdo, se tiveres tido cuidado suficiente ficará com uma fina camada de líquido com uma fina camada de líquido vermelho-arroxeado no fundo do copo sobre a qual está a água;
  4. Deixa repousar esta solução durante cerca de 3 minutos por forma a que não exista líquido arroxeado em suspensão;
  5. Esfrega as mãos, uma na outra, de modo a desenvolver calor;
  6. Com muito cuidado para não agitar os líquidos, segura no copo pela borda com uma mão e encosta com força a ponta do dedo indicador no fundo do copo.

Material necessário:

  • 1 goblet
  • Água
  • Produto químico corado
Descreve os resultados obtidos na actividade experimental:


Como interpretas os resultados obtidos na actividade experimental e que conclusões podes tirar
?

 

Como se formam as cadeias de montanhas?

 

Prensa de formação de cadeias de montanhas

 

Objectivo: Nesta actividade iremos observar alguns dos fenómenos que ocorrem nas zonas de fronteira de placas litosféricas. Neste caso particular, vamos simular como se formam e descobrir como são constituídas as cadeias de montanhas que ocorrem quando ocorre colisão entre duas placas continentais, nas zonas de fronteira convergentes.

Actividade:

  1. Afasta os 2 blocos de madeira do interior da prensa. Cada bloco representa um continente e o espaço entre eles, um oceano;

  2. Coloca uma fina camada de areia no fundo da prensa de modo a que fique horizontal e homogénea;

  3. Por cima desta camada espalha uma camada de pigmento semelhante à primeira;

  4. Termina com uma nova camada de areia;

  5. Empurrando lentamente os dois blocos de madeira pelos topos aproxima-os um do outro e observa o que vai ocorrendo.

Material necessário:

  • Prensa de formação de cadeia de montanhas

  • Areia

  • Pigmento

Descreve os resultados obtidos na actividade experimental:


Como interpretas os resultados obtidos na actividade experimental e que conclusões podes tirar
?

 

Como se deformam as rochas?

 

Prensa de parede móvel

Objectivo: Pretende-se simular como as rochas respondem às tensões aplicadas. Elas deformam-se, originando dobras ou falhas, consoante o tipo de tensão imposta e o material envolvido. Na experiência da prensa será dada ênfase à formação de dobras e falhas a uma escala local, estruturas que formam as cadeias de montanhas.

Actividade:

Actividade com a prensa de parede móvel

  1. Afasta a parede móvel da prensa;
  2. Coloca uma camada de areia no fundo da prensa, com cerca de 3 a 4 cm de espessura, espalhando-a de forma horizontal e homogénea;
  3. Por cima da areia, espalha uma fina camada de pigmento de 3 a 5 mm de espessura;
  4. Termina com uma nova camada de areia idêntica à primeira;
  5. Podes fazer a sucessão de camadas que pretenderes, não ultrapassando metade da altura das paredes da prensa;
  6. Empurra lentamente e com cuidado a parede móvel da prensa e observa o que vai ocorrendo.

Actividade com o silicone

  1. Faz um rolo com o silicone com cerca de 1 cm de diâmetro;
  2. Segura-o pelas extremidades e puxa-o lentamente;
  3. Observa o comportamento do silicone;
  4. Volta a fazer um rolo idêntico ao anterior;
  5. Segura nas extremidades do rolo e faz um movimento brusco e com força como se o fosses a rasgar;
  6. Observa o que aconteceu, especialmente na superfície da zona “rasgada”.

Material necessário:

  • Prensa de parede móvel
  • Pigmento
  • Areia
  • Pasta de silicone
Descreve os resultados obtidos na actividade experimental:


Como interpretas os resultados obtidos na actividade experimental e que conclusões podes tirar
?

 

Como se forma um vulcão?

 

Simulação: Vulcão explosivo

 

 

Simulação: Vulcão efusivo

Objectivo: Esta actividade pretende simular em laboratório vulcanismo explosivo e efusivo. Pretende-se que se faça a descrição da morfologia de um vulcão, dos tipos de erupção vulcânica e dos produtos expelidos, com apoio de uma maqueta de um vulcão.

Actividade:

Simulador de vulcão explosivo

  1. Coloca no copo o dicromato de amónia, o enxofre, o açúcar e as cabeças de fósforo e mistura-os;
  2. Enterra a fita de magnésio nesta mistura, até ao fundo do copo e com uma ponta de fora à qual se junta algumas cabeças de fósforo também;
  3. Lança um fósforo aceso para o interior do copo;
  4. Observa a erupção e descreve-a.

Simulador de vulcão efusivo

  1. Coloca 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio na lata que se encontra no interior do cone do vulcão;
  2. Noutro recipiente junta o vinagre (Ÿ da sua capacidade da lata) com algumas gotas de corante vermelho e 1 colher de sobremesa de detergente líquido da loiça;
  3. Junta esta mistura ao bicarbonato de sódio que se encontra na lata;
  4. Observa a erupção e descreve-a.

Material necessário:

  • Prensa de parede móvel
  • Pigmento
  • Areia
  • Pasta de silicone
Descreve os resultados obtidos na actividade experimental:


Como interpretas os resultados obtidos na actividade experimental e que conclusões podes tirar
?

 


Outros Protocolos  |  Versão para Impressão